CHAT _
EletrônicaBR.com
collapse collapse
Celulares EletrncaBR
Patrocinador

Eletrnica Castro
Patrocinador

ftec
Top Joinhas
infosquad infosquad
Joinhas: +1672\-3
hds-tec hds-tec
Joinhas: +1394\-2
DSystem DSystem
Joinhas: +1255\-7
vlad_itj vlad_itj
Joinhas: +1160\-1
Perciva Perciva
Joinhas: +1099\-2
Gilson Macedo Gilson Macedo
Joinhas: +1094\-4
kotnatan kotnatan
Joinhas: +912\-0
Cassio Almeida Cassio Almeida
Joinhas: +587\-2
edsonninja edsonninja
Joinhas: +584\-0
K0rTy K0rTy
Joinhas: +572\-16
CJ CJ
Joinhas: +550\-6
Darlanz bruffati Darlanz bruffati
Joinhas: +535\-4
William_R William_R
Joinhas: +523\-0
curtolo curtolo
Joinhas: +488\-2
Paulo Paulo
Joinhas: +480\-2
Patrocinador

global
Projetos EletrncaBR
FLAVIOTECH
um dia atrás por FLAVIOTECH
Visualizações: 80 | Comentários: 5



O WhatsApp será bloqueado novamente no Brasil. Isso porque a Justiça determinou que as operadoras de telefonia fixa e móvel bloqueiem o serviço de mensagens em todo o país por 72 horas. A medida passa a valer a partir das 14h desta segunda-feira, 2.

Com isso, as cinco operadoras do Brasil – Tim, Oi, Vivo, Claro e Nextel – são obrigadas a cumprirem a determinação judicial. Se não fizerem isso, estarão sujeitas a multa diária de R$ 500 mil.

A decisão foi tomada no último dia 26 pelo juiz Marcel Montalvão, da cidade de Lagarto (SE), o mesmo que solicitou a prisão de Diego Dzodan, vice-presidente do Facebook na América Latina, no início de março.  Até o momento não se sabe o motivo do novo bloqueio, uma vez que o processo corre em segredo de justiça.

Essa não é a primeira vez que o aplicativo é bloqueado no Brasil. Em dezembro, o WhatsApp já havia sido bloqueado durante 48 horas mediante uma investigação criminal. A determinação, no entanto, não durou o prazo previsto.

Na época, o app havia sido bloqueado por conta de uma represália da Justiça contra o WhatsApp pela recusa da empresa em fornecer informações sigilosas de suspeitos de uma investigação policial.

Vale lembrar que, conforme o Olhar Digital noticiou em março, o delegado Fabiano Barbeiro, o mesmo que havia solicitado o bloqueio do WhatsApp no Brasil no final do ano passado, disse em entrevista à Rádio Câmara que poderia pedir novamente a suspensão do serviço do aplicativo. O motivo, neste caso, seria a falta de cooperação do aplicativo numa investigação que envolve o PCC, Primeiro Comando da Capital.

Até o momento o Facebook, empresa que comanda a operação do WhatsApp, e as operadoras de telefonia ainda não se pronunciaram sobre o assunto.

Fonte: *** Você não tem permissão para ver links. Registre-se ou Login
FLAVIOTECH
3 dias atrás por FLAVIOTECH
Visualizações: 29 | Comentários: 0

Anunciado junto com o Nexus 6p em setembro de 2015, o 5x foi a obra Google-LG que gerou um companheiro menor, mais compacto e com especificações bem diferentes do irmão maior. Confira agora nossa análise do Nexus 5x, da LG.


Fonte: Canaltech

Gostou de ficar bem informado? Se quiser agradecer com um j+  :) legal  8)
FLAVIOTECH
3 dias atrás por FLAVIOTECH
Visualizações: 25 | Comentários: 0

Ultrabooks – Notebooks compactos, finos e poderosos. Apesar de tanta gente ter trocado o PC pelos tablets e smartphones, temos ainda um público fiel aos computadores, principalmente os portáteis.

Confira agora nossa análise do Dell Skylake XPS 13.


Fonte: Canaltech

Gostou de ficar bem informado? Se quiser agradecer com um j+  :) legal  8)
FLAVIOTECH
3 dias atrás por FLAVIOTECH
Visualizações: 28 | Comentários: 0



Um infográfico produzido pela Infobase Interativa, empresa que atua no ramo de TI, mostra que os limites sugeridos pela Vivo para os planos de internet banda larga estão longe de serem os ideais para os usuários brasileiros, principalmente para quem não vive longe do Netflix e do YouTube.

De acordo com a análise, o limite de 130 GB, o maior oferecido pela Vivo, fica abaixo da média de consumo de dados dos brasileiros, que é de cerca de 142 GB por mês.

O estudo mostra, por exemplo, as consequências do streaming. Os brasileiros passam cerca de 20 horas por mês consumindo conteúdo em serviços como Netflix, YouTube e Spotify, o que iria gerar, na primeira plataforma, um gasto de 20 GB por mês da franquia contratada.



O público gamer também foi considerado pelos analistas. Em um dos jogos mais populares da plataforma Steam, o consumo durante 30 horas por mês representou o gasto de 1,8% do plano de dados.

Assim, este pode ser mais um argumento que prova que os gamers não podem ser responsabilizados pelo fim da internet ilimitada, como havia salientado João Rezente, presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Com isso, a análise mostra que o ponto que realmente consome uma grande quantidade de dados é, na verdade, o download de arquivos.



Já a navegação cotidiana, que inclui pesquisas no Google, acesso aos provedores de e-mails e eventual uso de reprodutores de vídeo, consome em média 190 MB a cada 30 minutos. Ao considerar que os internautas passam aproximadamente cinco horas diárias nesta atividade, o consumo é de 30% da franquia.



Fonte: *** Você não tem permissão para ver links. Registre-se ou Login

j+  :) obg.  8)
FLAVIOTECH
3 dias atrás por FLAVIOTECH
Visualizações: 26 | Comentários: 0



A empresa de segurança em tecnologia Symantec divulgou nesta sexta-feira, 29, seu tradicional relatório anual de ameaças à segurança na internet. Entre os dados levantados, descobriu-se que o Brasil é um dos 10 países no mundo de onde mais nascem vírus de computador.

Só na América Latina, o Brasil ocupa o primeiro lugar no ranking de países que mais "exportam" malware para o mundo, à frente de México e Argentina. Na lista global, os campeões são China, Estados Unidos e Índia. Curiosamente, porém, o Brasil também é um dos países mais atacados por ramsonware (vírus que "sequestra" dados da vítima em troca do pagamento de um resgate).

Mais de 71% do total das contaminações por vírus de computador no Brasil se dá por meio de posts compartilhados manualmente em redes sociais, como o Facebook. É o maior índice da América Latina, enquanto os países vizinhos são mais vítimas de ofertas falsas de prêmios ou promoções: mais de 80% na Colômbia, 70% na Argentina e Peru, e 51% no México.

O relatório também afirma que cerca de 500 milhões de dados pessoais foram roubados ou perdidos em todo o mundo ao longo de 2015. Mais detalhes sobre o estudo da Symantec podem ser colhidos aqui *** Você não tem permissão para ver links. Registre-se ou Login

Fonte: *** Você não tem permissão para ver links. Registre-se ou Login
Páginas: [1] 2 3 ... 85
Patrocinador

GearBest

* Top Poster do Mês

hds-tec hds-tec
637 Mensagens
curtolo curtolo
533 Mensagens
Gilson Macedo Gilson Macedo
407 Mensagens
ElianLaptop ElianLaptop
371 Mensagens
Kaio Macedo Kaio Macedo
307 Mensagens
NandoZimba NandoZimba
300 Mensagens
FLAVIOTECH FLAVIOTECH
240 Mensagens
nmercker nmercker
204 Mensagens
K0rTy K0rTy
179 Mensagens
alexbr alexbr
131 Mensagens
rampa rampa
129 Mensagens
puchalski puchalski
126 Mensagens
notebookgr notebookgr
124 Mensagens
William_R William_R
119 Mensagens
f.celso f.celso
118 Mensagens
CJ CJ
107 Mensagens
gnu informatica gnu informatica
99 Mensagens
Antonio vm Antonio vm
94 Mensagens
brunoinforec brunoinforec
94 Mensagens
t-info t-info
92 Mensagens
Patrocinador

KLV Notebooks
Troca, Venda e Promoes
eletronicabr
Arduino EletrncaBR